Saíram essa semana os indicados ao 51º Prêmio Jabuti!
Na terça que vem (dia 29) saem os premiados pelo maior concurso literário do Brasil.
Distribuido pela Câmara Brasileira do Livro, o concurso tem 21 categorias, que abrangem a literatura em prosa e poesia, obras teóricas das mais diversas áreas, traduções e peças gráficas (capas de livros, ilustrações, projeto gráfico…).

Além das 20 categorias habituais, este ano, como é o Ano da França no Brasil, existe um prêmio especial para traduções de obra literária do francês para o português.
A tradução do clássico “O Conde de Monte Cristo”, que já foi adaptada para o cinema muitas vezes (será que entra no Na Telona da próxima revista?), está entre as concorrentes nessa categoria especial.

Veja o trailler de uma das adaptações de Conde de Monte Cristo

Na categoria de Melhor Romance, Flores Azuis, da chilena erradicada no Brasil Carola Saavedra estava entre os livros que íamos recomendar no primeiro número de Livro, mas que acabou cortado da edição.
Órfãos do Eldorado, do Milton Hatoum, também concorre nessa categoria. O escritor amazonense é considerado um dos grandes escritores brasileiros vivos hoje.
E vindo do sul, o gaúcho Moacyr Scliar aperta a concorrência pelo Jabuti de Melhor Romance com a obra Manual da Paixão Solitária.
Os outros 6 indicados incluem Daniel Galera, Ronaldo Correa de Brito, Vitor Ramil, Altair Martins, Maria Esther Maciel, Edgard Telles Ribeiro e Silviano Santiago.

Concorrendo a Melhores Contos e Crônicas, Ruy Castro, Lya Luft, Rubem Alves, Marcelino Freire, Fabrício Carpinejar, Nuno Alvares Pessoa de Almeida Ramos, Déa Rodrigues da Rocha Cunha, Felipe Machado, Eric Nepomuceno, Lucília Junqueira de Almeida Prado, Sérgio de Almeida Bruni e a organizadora Laura Taddei Brandini concorrem com obras lançadas em 2008.
Essa lista parece a convocação pra Seleção Nacional de Cronistas e Contistas Ainda Vivos, se houvesse uma. E a gente poderia ganhar a Copa!

Primeira Seleção Nacional de Cronistas e Contistas (tô zuando!)

Em Melhor Poesia, vale ressaltar a coletânea da obra em poesia, dramaturgia e prosa do maranhense Ferreira Gullar.

Você pode encontrar a lista completa de indicados aqui no site da CBL

E não perca, na semana que vem, a lista dos que levaram o jabutizinho pra casa!