O Museu da Língua Portuguesa em São Paulo é coisa linda demais.

Fui na exposição de inauguração do museu, 4 anos atrás, e continuo indo lá toda vez que passo por SP. Agora que moro aqui tá mais fácil – e fica a dica: entrada grátis aos sábados! (nos outros dias, 6 reais, 3 pra crianças, estudantes, professores de escolas públicas e maiores de 60 anos)

A exposição que está rolando lá agora é a Menas: o certo do errado, o errado do certo, que aponta os erros linguísticos mais comuns cometidos pelas pessoas, e, ao mesmo tempo, mostra a causa desses erros, além de discutir a amplitude e criatividade da língua.

O legal do museu é que ele faz todo esse bla bla bla teórico virar uma coisa linda e legal de ler e entender. Olha como é a primeira sala da exposição:

Nessa sala, se você olhasse pelo furo no papel preto dá pra entender a frase que se forma pelas palavras, tipo assim:

Em outra sala, tem uma parede gigante com frases com erros comuns da nossa vida – e explicando pq eles são errados. É uma parede megalinda e tinha muita muita gente na frente dela quando fui lá semana passada:

Aí tinha também uma instalação de vídeo MUITO bacana, com uma atriz fazendo o papel de 5 tipos norma do português, uma em cada vídeo, os 5 sincronizados pra aparecer que elas conversam entre si. Com o nome de ‘Norma, a Camaleoa’, a atriz faz o encontro no banheiro do museu da norma gramatical, norma lexical, norma semântica e norma discursiva, que discutem entre si enquanto retocam a maquiagem.

(esse não tirei foto porque era um espaço muito escuro)

A gente passa também por umas instalações com textos em português “falado”, entre outros tipos, retirados de livros, músicas, poemas… tudo com representações e jeitos bonitos de mostrá-los. Muito legal também.

E aí, no final, saindo da exposição, um corredor com depoimentos de famosos sobre os usos da língua e diversas placas com erros ortográficos e dizeres populares:

(essa foi a placa que eu maaais gostei!)

Além da exposição temporária, a permanente também vale demais a visita! E a instalação gigante que fica no 3o andar é tipo.. incrível. Já fui 4 vezes e não me canso. Pra ter uma ideia: são 4 projetores gigantes apontados pro teto do museu, que é piramidal. E eles projetam poemas visuais enquanto pessoas recitam poemas e textos da literatura em português. É lindo mesmo! E infotografável e indescritível.

Pra quem se interessou:

O Museu da Língua fica em São Paulo, na Estação da Luz.

A exposição ‘Menas’ fica por lá até o dia 27 de Junho

Abre de terça a domingo de 10h às 17h.

Ingressos a 6 reais (exceto sábados, que é entrada livre). Crianças, idosos, estudantes e professores de escolas públicas com comprovante pagam meia entrada.

Mais informações, http://www.poiesis.org.br/mlp/index.php