Sábado foi dia de Bienal! Cheguei por volta de 13h30, para participar do Café Literário com o Paulo Markun e o Ruy Castro.

Paulo Markun e Ruy Castro

A conversa dos/com os dois foi muito boa (ainda vou escrever um post sobre ela mais no fim da semana, quando acabarem os meus trabalhos da pós). Os dois são biógrafos e jornalistas, considerados dos mais importantes e competentes atualmente, e falaram sobre “As aventuras do biógrafo: quando o jornalismo se alia à pesquisa histórica”.

Depois do Café andei um pouco pelo Expominas. Quem conhece o lugar, sabe que ele é bem grande. Ou seja: não visitei todos os estandes. Do que vi até o momento, os preços dos livros estão parecidíssimos com os das livrarias, sendo que muitas livrarias online estão vendendo mais barato. Um outro porém da visita à Bienal é o custo da entrada (variável) e do estacionamento, de 15 reais.

Fora o problema dos preços, gostei de muitas coisas. Algumas editoras trouxeram alguns livros mais difíceis de achar aqui em BH, então é possível sair da Bienal com aquele livro que você estava procurando há um tempo pelo mesmo preço da loja. Os quadrinhos estão bem representados, vi 2 estandes fora a Leitura. Consegui encontrar lá as revistas da Vertigo que faltavam para a coleção (do namorado). E editoras novas também apareceram, como é o caso da Belas Letras (falo dela depois). A programação para crianças está grande também, havia muitas famílias por lá no sábado.

Gostei muito também dessas edições novas do Drummond

Pretendo voltar de novo na sexta-feira e no sábado, para visitar melhor e participar de outras mesas.  Acompanhei os debates de domingo, segunda e terça via twitter e me pareceram tão bons quanto o que assisti. Gostei do meu passeio semana passada (discussão + passeio nos estandes) e indico. Ainda que haja algumas ressalvas importantes, a Bienal do Livro de Minas preenche todos aqueles motivos que citei no post de semana passada.

Por isso, aproveite que a programação do fim de semana está bem legal e faça a sua visita! A programação completa e demais informações estão no site http://www.bienaldolivrominas.com.br e o twitter para acompanhar o que está acontecendo é @bienaldolivromg.